gracias a la vida…

 

Imagem

Nada melhor do que um sabadão para nos fazer recuperar as forças que perdemos durante a semana. Saí de casa às oito da manhã e só cheguei uma e meia da madrugada, cheia de coisas boas, de experiências e de energia gostosa no coração. Com a máquina do lado, brinquei de fotografar a cidade enquanto descia para a autoescola. Fui até a Igreja de Nossa Senhora do Pilar, pedi pelos meus amigos e principalmente pela minha família. Fiquei um tempo na Praça, observando a passeata política, inúmeras pessoas dançando ao som de músicas eleitorais (e pensei, não tem jeito: nos gostamos mesmo de brincar com coisa séria: administração publica), mas enfim. Cheguei em Belo Horizonte e fiquei horas esperando a Bia e a Jullie, que chegaram bem depois., então: resolvi visitar uma exposição gratuita de Antanas Sutkus, no Centro de Arte de Belo Horizonte. Depois que chegaram, conversamos bastante, contamos tantos casos. Ficamos de 11h da manhã até às 21:30h. Eu e a linda da Jullie fomos ao Bela Artes, surpresa gostosa: pré-estréia do doc. Tropicália. Cheguei em casa, as ruas lotadas de papel (véspera de eleição), um empadão delicioso de mãe me esperava… Olha, meu sábado foi ótimo, as energias boas que pedi chegaram!  

Imagem

Imagem