– – –

– Oi, que bom que você atendeu… Estava tentando falar com você há dias . É que não tive coragem de assistir o filme que me emprestou. Não é nada contra romances, mas é que nenhum deles até hoje conseguiu atingir o meu imaginário sobre amor. Acho ótimo aqueles filmes de homens que dirigem carros em alta velocidade para salvar as mocinhas com um casamento brilhante no final, mas o amor não é só isso… não pode ser só isso. Sabe, não adianta dizer que vamos passar o resto da vida felizes juntos. E se um de nós cansar, desistir? O que nos resta senão o amor? A vontade de persistir e perceber que uma parte de mim está em você e vice versa. Me desculpe, estou sento taxativa demais não é? É que de repente me deu um medo. Medo de você achar que tudo seria rápido e perfeito, como este filme que você deixou na cabeceira da cama. Estou ligando pra isso, pra dizer que se você quiser tentar, eu só posso te garantir uma coisa: não será perfeito, mas será lindo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s