Missão madrinha de casamento

Quando fizeram burburinhos sobre esse filme, que foi um sucesso em 2011 e rendeu mais de $700 milhões de bilheteria, eu pensei com meus botões: (desculpem a expressão) ‘Deve ser uma bosta!’. Passou-se o tempo e eu me peguei assistindo o filme pela TV a Cabo e morrendo de rir. Mordo a língua, volto atrás e confesso que ‘Missão madrinha de casamento’ é um filme divertidíssimo, repleto de cenas e diálogos engraçados. Bom, conheço quem não goste da trama e diz que tem muitos clichês de romance de casamento (e na verdade, tem  mesmo), mas apesar de tudo é um filme interessante do qual me arrisco a dizer que é quase uma versão feminina de ‘Se beber não case’.

Imagem

Apesar de ser uma comédia ‘água com açúcar’, Missão madrinha de casamento traz rostos conhecidos da TV Americana (como Rose Byrne, Kristen Wiig e Melissa McCarthy) que sempre deram um show de atuação, mas que de alguma forma, ficaram por muito tempo em segundo plano. Nesse caso, há que citar Melissa McCarthy que ganhou uma enorme visibilidade e que de uns tempos pra cá, cresceu como ninguém no campo do entretenimento.

O filme, dirigido por Paul Feig (o mesmo diretor de Professora sem Classe e As bem armadas) conta a história de Annie, uma mulher que foi convidada pela melhor amiga Lilian para ser sua madrinha de casamento. Annie, no entanto, enfrenta diversas dificuldades para organizar a festa de ‘despedida’ pois sua rival, a Helen, tenta tomar as rédeas da situação e fazer a festa da sua forma (para isso, dispõe-se a gastar fortunas, pagar viagens e vestidos caros). Nesse meio tempo sua vida financeira desanda, ela perde o emprego e é obrigada a voltar a morar com a mãe. Annie conhece um charmoso policial e se apaixona por ele, mas não sabe como lidar com a situação já que desde o último fracasso no relacionamento, decidiu não levar ninguém a sério.

Missão madrinha de casamento - still

Se fossemos comparar com ‘Se beber não Case’, Melissa McCarthy seria o Adam, quase sempre ‘fora de órbita’, seu personagem: Megan chama atenção por apresentar falas inusitadas e desconexas. Rondou também pela internet uma entrevista da Kristen Wiig [que atuou como  roteirista do filme] onde ela afirma que não tem interesse em fazer uma sequencia, segundo Wiig, uma continuação seria muito rentável mas esse não é o objetivo de sua carreira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s