Anjos da lei

Resolvi escrever sobre ‘Anjos da lei’ porque tive uma surpresa quando encontrei no Filmow, no IMDB e no Omelete uma boa recepção e diversas críticas positivas sobre o longa. Anjos da Lei (ou 21 Jump Street) é um filme de comédia, lançado em 2012, dirigido por Chris Miller e Phil Lord (também diretores em ‘Tá chovendo hambúrguer’). A trama conta a história de dois rapazes que eram inimigos no colégio, mas que se tornaram companheiros quando foram aceitos na Academia de Polícia. Particularmente, comecei a assistir o filme com muitas esperanças e o que vi foi um retalho de clichês e diálogos repetitivos.

Entendo perfeitamente quem gostou do filme, há alguns detalhes que, de fato, merecem atenção. Um deles é que os diretores de ‘Anjos da lei’ se inspiraram na famosa série policial da FOX (produzida nos anos 80 e que trazia Johnny Depp no papel de Tom Hanson). O que é bacana é que fizeram uma boa releitura da série e, na história, os personagens tem a oportunidade de retornar ao colégio (totalmente transformado) e reviver o passado.

Imagem

Como eu gosto do Jonah Hill! E como fico chateada ao vê-lo fadado ao mesmo tipo de papéis – em Anjos da lei, não acontece diferente. No início do filme, somos apresentados a Schmidt e a Jenko. Enquanto Schmidt (Hill) é um nerd gordinho e impopular, Jenko (Channing Tatum) é o garanhão da turma e o esportista mais popular da escola. Depois de já formados, os dois são colocados na mesma classe da Academia de Polícia e decidem se ajudar. Enquanto Schmidt auxilia Jenko com as provas escritas, Jenko ajuda Schmidt nas provas práticas/físicas. Quando se tornam oficialmente policiais, Jenko e Schmidt percebem que a vida profissional não é tão fácil assim e são surpreendidos por uma sequencia de insucessos ( a começar por uma péssima tentativa de prisão de um bando de motoqueiros).

Como castigo os dois são colocados em outra unidade e recebem uma missão: descobrir quem é o fornecedor das drogas que os garotos da escola da região estão usando. Agora, disfarçados, Jenko e Schmidt voltam ao colégio (dessa vez, como irmãos) e se empenham para descobrir quem é perigoso traficante. Ironicamente, a escola está remodelada, o que era popular há alguns anos atrás, deixou de ser. Assim, Schmidt (sempre rechaçado por ser nerd e amoroso) se torna o popular da turma, enquanto Jenko passa a andar com os nerds.

anjos-da-lei-640x480Apesar da proposta, ‘Anjos da lei’ reúne todos os velhos clichês, oferece um filme simples (mas uma opção para passar o tempo). Não bastasse ser impopular, nerd e gordinho, Schmidt atrapalha-se em seus romances e é praticamente ridicularizado em tela por seu ‘excesso de sentimentalismo’.  Jenko é bonitão e praticamente todas as mulheres se oferecem a ele (assim como a professora que não para de convidá-lo pra sair).  Ice Cube, no papel do chefe de polícia aparece como uma cara mal humorado, com boca suja e impaciente –  QUER MAIS CLICHÊ QUE ISSO? Pois é, você encontra: carros explodindo (ou não?) , meninas lindas dopadas, segregação escolar (grupo de teatro x grupo de estudos de química), professores politicamente incorrentos – e por aí vai…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s