La Hora Marcada

Enquanto eu pesquisava por um filme dificílimo de encontrar, acabei me esbarrando em um blog incrível, repleto de clássicos e boas análises sobre produções mexicanas, das quais eu nunca tinha ouvido falar. Há uma variedade enorme de arquivos disponibilizados e uma série de vídeos de diretores, produtores e atores importantes da sétima arte mexicana. Ontem, antes de dormir, fiz uma lista com os filmes que quero assistir e comentar aqui no La Amora, espero fazer isso pelo menos uma vez a cada duas semanas.

helena rojoComo já era muito tarde, assisti um episódio de ‘La Hora Marcada’, um seriado mexicano que ficou famoso nos anos 80, cujo público alvo eram as crianças e jovens. A cada episódio (de vinte e poucos minutos) os espectadores assistiam uma história de terror, todas com um personagem em comum: uma senhora vestida de negro, que representava a morte. Confesso que fui motivada a assistir por causa da Helena Rojo, que no episódio “El Motel”, interpreta uma mulher que, junto ao marido, sai de uma festa a procura de um lugar para se hospedar –  já que ele está bêbado demais para dirigir.

Ao chegar ao motel, vários acontecimentos assustadores e medonhos começam a rondar a personagem. Primeiramente ela passa a receber ligações de um assassino, que não se identifica, mas promete matá-la ainda naquela noite. Assustada, ela deixa o marido no quarto e vai pedir ajuda ao dono do lugar, a única pessoa que se encontra no motel – além do casal. O dono, no entanto, não acredita nela e pede para que ela volte ao seu quarto. Quando ela volta, encontra seu marido enforcado. Ela tenta pedir ajuda mais uma vez, mas quando chega a recepção, encontra o dono do motel morto.la hora marcada

O episódio é sensacional, não pela história, que é bem simples, mas por apresentar um trabalho técnico incrível. As ações são marcadas por inúmeras sugestões sensoriais, desde os barulhos e ruídos do motel ao miado de um gato que nunca aparece, mas que ajuda a tornar o clima mais ‘assustador’. O meu momento favorito é quando o episódio chega ao clímax e a personagem principal finalmente se encontra com o assassino.

‘La Hora Marcada’ teve mais de cem episódios transmitidos e ficou no ar de 1986 até 1990. A série contava com grandes diretores e roteiristas, como Guillermo del Toro, Alfonso Cuarón e Emmanuel Lubezki. Dos personagens, os mais diversos, como freiras macabras, bruxas, ogros, anjos, dinossauros, relógios assustadores (…). Felizmente inúmeros episódios estão disponíveis no Youtube. 

Advertisements

One thought on “La Hora Marcada

  1. Jessica diz:

    Caramba, esse post me lembrou duas coisas:

    1) Sorry wrong number: esse episódio com a Helena que tu descreveu lembra bastante aquela atmosfera de pânico, principalmente a ligação do assassino. a gente fica na expectativa: vai morrer ou não vai? tenho um fraco por esse tipo de narrativa.

    2) The twilight zone: foi um seriado dos anos 60, que depois voltou nos anos 80, com essa mesma premissa de mistério. tem um episódio sensacional (meu favorito) em que um empregado de um banco que vivia lendo, se trancava na sala do cofre forte pra ler. aí um dia dá um apocalipse e só ele sobrevive. no começo a personagem fica desesperado, mas aí ele vê uma biblioteca e pensa: legal! vou poder ler tudo que eu quero. SÓ QUE o barato do episódio é os óculos do personagem quebram e ele fica sem enxergar. é muito tenso o final, ele no meio daqueles livros todos sem poder enxergar.

    não sei se conseguirei ver por causa do espanhol, mas vou tentar! conseguiu achar “as diabólicas”?

    bacci!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s