Bienvenido Paisano!

O fim de semana foi corrido e não deu tempo para sentar para escrever sobre “As Diabólicas”, que a Jéssica me indicou.  Mas antes de dormir, eu queria fazer uma notinha, pelo menos para não deixar o blog desatualizado. Eu tinha me comprometido a escrever toda semana sobre um filme mexicano e não queria burlar esse compromisso, que acho que tem mais valor pra mim do que para as pessoas que acompanham o blog.  [Finalmente faço uma publicação onde cito a Maria Sorté, uma atriz mexicana lindíssima e que adoro!]

Bienvenido paisano

Há algum tempo, assisti uma comédia chamada “Bienvenido Paisano” – dirigido por Rafael Villaseñor e estrelado por Maria Sorté, Tereza Ruiz e Rafael Inclán.  O filme é uma graça, super gostosinho de ver e com uma história bem do tipo “família”. Na trama, Inclán interpreta Epifanio, um jardineiro de origem mexicana que vive e trabalha nos EUA há mais de vinte anos. Um dia ele recebe a notícia de que seu irmão está doente e decide viajar para Zacatecas e visitá-lo. A viagem também é uma oportunidade para apresentar o México para seus dois filhos, que nasceram nos EUA. Quando volta, Epifanio acaba se deparando com um país muito diferente do que deixou e suas raízes começam a falar mais alto.

Piffany, a filha maidetalle_BIENVENIDO PAISANO_03_396x216s velha do casal, sente-se incomodada com a ideia de viajar para o México. Ela tenta, durante o tempo todo, provar que é uma cidadã americana e não se interessa pelo país de origem dos pais. De certa forma, ao fazer a escolha de permanecer na América, Epifanio e Cenobia também abrem mão de muitas características “latinas” com o intuito de se adequar a comunidade – são como uma cópia mal feita e caricata.

O ponto alto do filme se dá justamente quando a família decide regressar aos EUA e enfrenta problemas com os documentos. Eles sentem na pele (principalmente a garota) uma falta de receptividade dos americanos em relação aos mexicanos (e aos latinos, em geral). Enquanto Piffany desesperadamente quer voltar, Cenobio (o filho mais novo) percebe que quer ficar no México. Trava-se um verdadeiro drama familiar.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s