♡ Thelma e Louise♡

Thelma e Louise]Acho que todo mundo deve ter algo que tenha o marcado na vida. Seja um objeto, uma música, um livro, um lugar… no meu caso, um filme. Eu sempre, desde o comecinho do blog, quis escrever sobre Thelma e Louise. Engraçado, porque já comecei vários rascunhos e nenhum deles foi para frente. E eu sei o porque disso, é que esse foi um filme que me marcou profundamente e que me traz tantas lembranças e sentimentos que eu poderia escrever um livro… quer dizer, eu tenho uma lista infindável de filmes que amo, que assisti mil vezes e que tenho na minha coleção, mas Thelma e Louise é diferente. É o meu filme preferido, de todos os tempos.

Eu ainda era criança quando vi Susan Sarandon e Geena Davis pela primeira vez, juntas, naquele belíssimo e enorme thunderbird. As duas me ajudaram a construir uma imagética (falei o termo certo?) da mulher perfeita. Na minha cabeça a mulher perfeita era e é a mulher livre… e a viagem de Thelma e Louise é exatamente atrás disso, elas buscavam por liberdade.

thelmaHoje, já crescida, acho que me pareço mais com a Louise (e é ela que, ironicamente, era a minha personagem favorita). Louise, a garçonete quarentona e solteira, inteligente, um pouco arrogante… e triste. Louise me parecia tão triste. A Thelma, por outro lado, vivia uma vida medíocre e também infeliz ao lado do marido controlador.  Mas Thelma era como aquele passarinho preso na gaiola, que nunca conheceu o exterior e que, como uma criança, estava descobrindo o mundo. Thelma é a imagem da inocência e ao mesmo tempo, da teimosia… e mesmo com todos os problemas conseguia dar a volta por cima, tinham um tom engraçado, meio louco, meio atrevido…

thelmaDepois de muito tempo é que eu fui saber que Thelma e Louise é um filme feminista. Até então, nunca tinha parado para pensar nisso. Nunca parei para reparar nos detalhes e também não sabia que tinha sido roteirizado por uma mulher, a Callie Khouri.

Quando eu vejo esse filme é como se naquele carro, estivesse mais uma passageira: eu.  Ao longo dos anos, lendo muitos artigos, sites… eu vi que eu era uma, entre milhares, que são apaixonadas pelo filme. E concordo plenamente com o que a jornalista Melissa Silverstein, do site “Women and Hollywood” disse: “Thelma e Louise é uma referência para tantas pessoas porque nunca foi recriado. Quando o filme é um sucesso, é usual ser refilmado várias e várias vezes”.  Ou seja, quando você pensa em Thelma e Louise as imagens que vem a mente já estão meio que… “pré-determinadas”, são as do filme,  né? Não há outro, não há dúvida…

tryto


A cena do estupro de Thelma foi algo aterrorizante para mim, quando criança. Ainda o é, hoje… Revendo o filme, fico pensando na forma em que retrataram a violência sexual, no jeito que mostraram o quanto é um crime terrível e odioso..  Aliás, que as duas sofreram né? Não é difícil perceber como a Louise ficou traumatizada com o que aconteceu com ela no Texas. Aliás, é exatamente isso que a fez fugir, não confiar na polícia. Provavelmente ela denunciou o estupro e não recebeu nenhum auxílio ou respaldo.

Muitos criticam a postura do policial que conversava com elas, muitos dizem que ele era “bom demais”. Não sei, sabe, acho que também é uma forma sutil de retratar um lado mais humano do homem (como gênero mesmo). Elas foram traídas e maltratadas por praticamente todo homem que apareceu em cena, menos por ele. Ele era o único que sabia o que tinha acontecido com a Louise no Texas..

A Callie Khouri, em 2001, se manifestou publicamente sobre o filme e disse que sempre foi criticada por causa do estuprador ter sido assassinado.  Segundo ela as pessoas se incomodam quando duas mulheres são retratadas no cinema como personagens inteligentes e que assumem o controle do próprio corpo. ” Os vilões sempre morrem em praticamente todo o filme…. aquele cara era o vilão e ele foi assassinado. O fato de uma mulher tê-lo assassinado fez com que isso gerasse controvérsias”.

Aliás, muitas feministas chegaram a afirmar que esse filme não pode ser considerada feminista porque elas morrem no final, como se fossem punidas. Eu, acho que foi uma forma de redenção.. .imagine, se tivessem sido presas? Ou, alguém acredita que depois de tudo, elas sairiam ilesas?

filmequethaisamaHum… Já falei que o filme foi gravado em 1991, e que a Susan estava grávida (e só descobriu depois?). Outra coisa interessante é que o filme foi um “boom”, recebeu várias indicações ao Oscar. E Genna e Susan foram indicadas na mesma categoria!! E, Hans Zimmer… meu amigo, a sua trilha sonora me faz chorar até hoje!


Genna Davis e Susa24 anos se passaram e o filme rendeu bons frutos, ainda hoje considerado um clássico. E, sem dúvidas, foi uma produção marcante na carreira das duas, que são super politizadas e socialmente engajadas. Sobre a Susan eu acho que nem preciso falar porque já publiquei um milhão de post falando sobre as suas manifestações sociais e sobre o seu engajamento… agora sobre a Geena eu nunca comentei.

Vocês sabiam que a Geena Davis possui um instituto chamado “Instituto Geena Davis de Gênero na Mídia” e que sempre está fazendo colocações e análises super importantes sobre o papel das mulheres no meio midiático? Ontem mesmo, por exemplo, em uma reunião da ONU em NY ela mostrou dados interessantes (para não dizer outra coisa), segundo ela: “Se incluirmos personagens femininas na medida em que tem sido feito nos últimos 20 anos, só alcançaremos a igualdade em 700 anos”


No ano passado as duas se reuniram para fazer uma sessão fotográfica no Hollywood Reporter, vocês viram?

susan_sarandon__geena_davis_david_needleman_c_72_bw_v2_a_lSusan_Sarandon__GeenaDavis_David_Needleman_D_164_a_p

article-2669766-1F1F7F2700000578-424_634x826 ng3402407.PNG

Advertisements

2 thoughts on “♡ Thelma e Louise♡

  1. Jessica diz:

    Batata: eu sempre venho aqui e tem posts maravilhosos pra ler! Que saudade eu estava do teu blog, guria!

    Minha mãe ama “Thelma & Louise”. Ama de paixão. Ela sempre dizia para eu assistir, que eu também ia gostar. Meio tardiamente acabei vendo e Meu Deus… sabe aqueles filmes que tu pensa: por que demorei tanto tempo para assistir? Foi assim que me senti com “Thelma & Louise”. É o tipo de filme que te dá vontade de fugir, de largar tudo como elas fizeram e ir embora num carro. Falta dinheiro e coragem, rs. No fim das contas, eu me identifico mais com a personagem da Geena, aquele lado inocente, algo que a vida não consegue tirar nem que a gente apanhe 500 anos na cara.

    A cena de estupro é muito tensa, Meu Deus. É uma cena tão “atual”, num momento em que se fala muito sobre esse assunto, né? É tão triste que as pessoas ainda pensem que a culpa foi da Thelma que se fresqueou pra ele e estava bêbada. Ninguém pensa na posição de posse que o estuprador ocupa, o poder de subjugar uma mulher e torná-la um objeto. Estou lendo “O segundo sexo” da Simone de Beauvoir e certas coisas nunca fizeram tanto sentido. Tem dias que dá vontade de sentar e chorar, parece que tudo mudou em relação às mulheres e ao mesmo tempo nada mudou.

    Tu conhece o Good Reads? É uma rede social para adicionar livros. Incrível como estamos conectadas porque acabei de escrever lá no blog um post sobre um livro que li e outros que quero ler. Fiz a lista no Good Reads e espero cumprir. Acabou que estava lendo quatro livros ao mesmo tempo e agora fiquei só com um, AMÉM! Mas pretendo começar outro já, não me aguento, sabe??

    Sobre o filme da Barbra: ai, meu deus, PASMA com nossa conexão.Porque esses dias eu comecei a assistir a esse filme, depois de ver um gif em que ela está no carro cantando uma música eletrônica com o nome dela. Ela para, aponta pro rádio e diz: IT’S ME! Muito fofa, gente. ❤ Posso te indicar meu filme favorito com ela? "O espelho tem duas faces". Acho que tu vai ADORAR, cara. Tem alguns problemas básicos, mas a Barbra está engraçadíssima e ainda tem a Lauren Bacall de presente!

    Minha música favorita dela (é brega, mas boa tá? HAHAHA): https://www.youtube.com/watch?v=st1bTsBQH-0 Tragam meus sais, ela é muito linda!

    Conseguiu achar "Edie and Thea" para baixar? Estou obcecada pelo documentário, foi a melhor coisa que vi até aqui. Fiquei pensando em tantas coisas, sabe…

    Fiz uma bíblia, eita! Enfim, querida, é isso. Espero que esteja bem!
    Beijos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s