Os piores dias de minha vida foram todos

Os piores dias de minha vida

Eu não entendi nada (ou quase nada), e juro que tentei. Achei a narrativa complexa, o texto me remeteu à Obscena Senhora D, de Hilda Hilst… puro fluxo de consciência. O fato é que o livro, escrito por Evandro Affonso Ferreira (vencedor do Prêmio Jabuti em 2011 e 2013), tem uma essência muito interessante: conta a história de uma mulher que está em um leito de hospital, moribunda. Em seu diálogo imaginário, ela caminha nua pelas ruas de São Paulo, comentando sobre a complexidade humana, sobre suas relações com amigos e familiares…

O autor estabelece um diálogo com personagens mitológicos, principalmente com Antígona. É uma pena que tenha me parecido tão difícil. Em sua crítica, para a Revista Cult, Márcia Tiburi despertou meu interesse quanto a condição da personagem: “No aspecto relativo ao conteúdo, tampouco se pode dizer que há, nesse livro, algo de descaso, de cansaço, ou de desistência em relação ao viver. Há, é certo, o direito à morte de que falava Maurice Blanchot. Aquele direito à morte que, nos tempos da imortalidade de plástico que estamos experimentando, constitui uma resistência mais do que estética.”

Bom… alguém aí já leu esse livro? E se leu, o que achou?

“Vítima de algoz possivelmente da mesma genealogia do rei tebano, caminho lentamente para o acaso, submergindo-me nas areias movediças do desespero, do desencanto Medo, muito medo Só é possível conhecer  a sí mesmo em absoluto diante do patíbulo. Esperar o ápice da obscuridade, a morte, é a mais profunda das agonias”

2 thoughts on “Os piores dias de minha vida foram todos

  1. Andre Jobim diz:

    Achei esse livro muito ruim. Repetições em excesso e só se recomendaria a ler quem tem conhecimento da mitologia grega, caso contrário…. não vai entender nada. Me parece que o autor não tem interesse em ter leitores, pois a escola é fria e chata demais. E, como sempre acontece, ganha-se um prêmio Jabuti, pois o que vale para essa turma, é que o livro seja do agrado de 1 a cada 1000 leitores, pois isso os mantém especiais e acima da média.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s