Infâmia

shirley-maclaine-e-audrey-hepburn-em-cena-do-filme-infamia-em-1961-1358679467452_956x500

Esses dias eu resolvi escrever sobre filmes clássicos e agora que comecei não dá vontade de parar. Há muito tempo (muito mesmo!) eu queria publicar sobre Infâmia, só que eu sempre colocava uma publicação na frente, mas finalmente chegou o dia! HAHA. Infâmia é um grande filme, com grandes interpretações e com uma trama (e uma abordagem) tão genial que dá calafrios só de pensar. Imagine, duas jovens mulheres decidem abrir uma escola para meninas e fazem um sucesso danado na cidade, até que uma das alunas, mentirosa e manipuladora, insinua que as duas são lésbicas.

397211-776x479

Pois é, uma história pesadíssima se tratando de um filme que foi gravado em 1961. Eu simplesmente amo filmes que driblam a censura (como Uma rua chamada pecado) e dizem o que precisam dizer, só que nas entrelinhas. Essa produção foi dirigida por William Wyler e baseada na peça de Lillian Hellman (escrita em 1934!!). Em 1936 a história ganhou uma adaptação para o cinema, mas ao invés de serem lésbicas, uma das professoras foi acusada de dormir com o marido da outra, as atrizes principais eram a Mirian Hopkins e a Merle Oberon.

A Audrey Hepburn sempre linda e serena, e a Shirley Maclaine (ai, que boneca!), sempre muito viva e sorridente. Eu fiquei boquiaberta quando vi “The Celluloid Closet” (um documentário sobre a abordagem da homossexulidade no cinema) e a Maclaine afirmou que não se tocava no assunto nos sets, ela dizia que nunca conversou sobre o fato das personagens serem lésbicas com a Audrey, era um tabu. Então, ela meio que não sabia do contexto que envolvia sua personagem, a Martha. E, caralho… como o filme vai tomando dimensões dramáticas durante o seu desenvolvimento, é realmente um absurdo o que o preconceito, a homofobia e a maldade humana são capazes de fazer.

– A Mirian Hopkins reaparece nesse filme como a avó da Mary, a menininha mentirosa.

calumnia-different-1961-L-fWCH8P

O filme também me remeteu ao Caso da Escola Base, aquele crime cometido pela mídia brasileira em 1994, contra o casal Shiamada. É mais vergonhoso ainda pensar que o caso ainda rola na justiça e as emissoras responsáveis por levantar tamanha mentira, não foram responsabilizados. Para quem não sabe do que se trata, um casal foi acusado de abusar sexualmente de um de seus alunos e a imprensa caiu matando, só que depois foi comprovado que esse abuso nunca aconteceu.

Anúncios

One thought on “Infâmia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s