Florence Jenkins – você PRECISA conhecer a história dessa mulher!

Ela foi considerada a pior cantora de ópera do mundo… 

queen-of-the-night-sm

A história de Florence é inusitada, um tanto quanto triste também… Sua trajetória ficou tão famosa que se tornou tema para inúmeras peças teatrais ao redor do mundo (inclusive no Brasil quando sua vida foi encenada por Marília Pêra em Gloriosa). Florence era uma mulher riquíssima, filha de um banqueiro. Queria ser cantora e não desistiu do seu sonho, o problema é que não cantava nada. Quer dizer, cantava muito, mas muito mal.

O pior foi o que aconteceu depois, na sua velhice. Quando ela jovem seu pai percebeu a sua falta de talento e a proibiu de cantar. Ela só foi realizar o sonho aos 44 anos, depois que ele faleceu. Mas Florence, quando se apresentava, era motivo de piada para o público… a tratavam quase como um palhaço de circo. Era ela aparecer no palco, abrir a boca para cantar e começavam os deboches. Chegaram a dizer, inclusive, que sua voz parecia com a de uma galinha. Quando se apresentava o teatro ficava lotado, pagavam caríssimo para vê-la e para rir dela. Foi apelidada como a “Diva do Grito”.

medium_florencephoto1E ela não cantava qualquer música, cantava ópera; considerava-se uma soprano coloratura. Em 1934 formou dupla com o pianista Cosmé Mcmoon e com ele trabalhou até o fim da vida. Gravou dois discos (disponíveis no Youtube!) e os amigos tentaram impedi-la de ouvi-los porque achavam que ela se daria conta do quanto cantava mal. Aí é que está, ela não se dava conta. Muito se discute se ela sofria ou percebia os deboches… ao que tudo indica, ela não ligava. Ninguém a viu reclamar de nada, ela realmente acreditava que cantava bem e ninguém lhe tirava essa certeza.

Marcante foi a sua roupa de anjo. Em uma das trocas de figurino ela aparecia com asas enormes e um vestido longo… dizem que quando a viu com a roupa, a atriz Tallulah Bankhead riu e debochou tanto que foi retirada do teatro.  Aos 76 anos Florence foi convidada para se apresentar no Carnegie Hall, para um público absurdamente maior do que estava acostumada e numa das casas de espetáculos mais famosas dos EUA. Os ingressos se esgotaram em poucas horas.

Um mês depois ela faleceu, alguns dizem que de depressão. Dizem que, no fim da vida, ela finalmente entendeu que cantavam mal e que era motivo de piada. P.S: Como herdou o dinheiro do pai, Florence fazia questão de doar toda a arrecadação da a bilheteria dos seus shows para a caridade.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s