[Sombras da Verdade]: Uma investigação com reviravoltas inesperadas

Se você está navegando pela Netflix, em busca de histórias criminais, deixo uma dica: Sombras da Verdade é uma série documental israelense, bem interessante e repleta de reviravoltas.  

shadowoftruth-logo

Em 2006, Tair Rada, uma garota de 13 anos foi ao colégio, seguindo a sua rotina diária. Este, no entanto, seria o seu último dia de vida: ela foi assassinada no banheiro da escola, com vários cortes pelo corpo e deixada no vaso sanitário. Após o acontecimento, a polícia começa uma complexa investigação que, com o passar do tempo, ganha uma enorme comoção pública. Pressionados, os policiais, acabam caindo (e criando) pequenas armadilhas, para encontrar o real culpado.  Além da impunidade latente do crime, todo o cenário levanta uma indignificação sobre o sadismo dos envolvidos.

A produção foi desenvolvida por Yotam Guendelman, Ari Pines e Mika Timor, cineastas iniciantes à época. Particularmente, gosto muito do formato de entrevistas e depoimentos, que apresentam diversas teorias aos espectadores (e depois, as destrói sem piedade). Em resumo, o desenvolvimento da série nos deixa perplexos pelos caminhos que vão tomando até certo ponto em que, não se sabe em confiar (nem mesmo na polícia ou nas melhores amigas da vítima). 

img_1652-1080x675

A situação mais triste, sem dúvidas, é a dos pais da garota que, após o crime, foram definhando aos poucos. Eles desenvolveram uma depressão profunda e buscaram no isolamento um pouco de paz. Imagine que, a imagem de Tara estava escancarada em diversos jornais, revistas e programas de TV, diariamente, e nada era solucionado… Trata-se de uma história impactante e triste, que nos deixa inquietos ao longo do desenvolvimento. Recomendo fortemente!